Notícias

15 maio 2020

RECOMENDAÇÕES PARA PACIENTES COM CÂNCER DURANTE A PANDEMIA DE COVID19

A COVID-19 é mais preocupante para alguns grupos de risco e entre eles estão os pacientes com câncer

Mesmo muito tempo após a Organização Mundial da Saúde (OMS) ter anunciado que a doença causada pelo novo coronavírus, chamada COVID-19,  atingiu o nível de uma pandemia, ou seja, a epidemia se espalhou por vários continentes; faz-se necessário ainda, justamente pelo fato de sua transmissão ocorrer pelo ar, por meio do contato com secreções infectadas (saliva, espirro, tosse) ou pelo contato com superfícies contaminadas; e ainda, por não haver tratamento por meio de remédios e vaciinas, e sendo, sua única prevenção tomar alguns cuidados, nunca é demais lembrar e informar.  

 

A COVID-19 é mais preocupante para alguns grupos de risco. Entre eles estão os pacientes com câncer, cujos sistemas imunológicos são frequentemente enfraquecidos pela doença e seus tratamentos, especialmente nos casos de neoplasias hematológicas (do sangue); em quimioterapia ativa; e em transplantados de medula óssea.

 

Os efeitos do tratamento não terminam com a radioterapia, a quimioterapia  ou após a cirurgia. Efeitos posteriores do câncer e efeitos imunossupressores do tratamento podem ser de longo prazo. Geralmente o risco é temporário e quem terminou o tratamento há alguns anos tem um sistema imunológico que, provavelmente, se recuperou.

 

O paciente oncológico deve redobrar a atenção se tiver febre e outros sintomas de uma doença respiratória, como tosse ou falta de ar, principalmente se houver contato próximo com uma pessoa suspeita ou confirmada para a COVID-19 ou se mora ou viajou recentemente para uma área conhecida por ter um surto da doença.

 

É importante que todos os pacientes com câncer – estejam em tratamento ou não – e aqueles que já se recuperaram da doença e passaram da fase de remissão, conversem com um médico que entende sua situação e histórico médico caso suspeitem que possam ter sido infectados com o novo coronavírus.

 

 

RECOMENDAÇÕES PARA OS PACIENTES ONCOLÓGICOS

  • Não suspenda seu tratamento contra o câncer nem o uso dos medicamentos prescritos pelo seu médico.
  • Entre em contato com o médico em caso de febre, coriza, falta de ar e tosse seca para avaliar a necessidade de procurar um centro de saúde.
  • Pacientes oncológicos, por serem mais vulneráveis em relação ao coronavírus, devem use máscara de proteção e trocá-la a cada 2 a 3 horas!
  • Mantenha distância de pessoas com quadro gripal ou que retornaram de viagem a locais com surto da COVID-19.
  • Na visita ao centro de tratamento oncológico, esteja acompanhado de apenas uma pessoa, preferencialmente, com menos de 60 anos e que não apresente sintomas de gripe.
  • Quando for ao hospital, evite contato físico mais próximo, mesmo com médicos e equipe e, especialmente, com demais pessoas no local.
  • Evite visitas hospitalares. Somente faça ou receba visitas em casos extraordinários.


RECOMENDAÇÕES PARA TODOS

  • Lave as mãos com frequência, com água e sabão, por pelo menos 20 segundos. Essa é uma das melhores maneiras de matar germes e vírus em suas mãos e impedir a propagação para outras pessoas.
  • Se água e sabão não estiverem prontamente disponíveis, use um desinfetante para as mãos à base de álcool 70%.
  • Concentrações menores de álcool, como o 46,5%, de uso doméstico, não são eficazes para eliminação do coronavírus.
  • Evite tocar nos olhos, nariz e boca porque, se você pegar o vírus, poderá se infectar permitindo que o vírus entre no seu corpo.
  • Evite o contato próximo – com menos de um metro e meio – de pessoas doentes, especialmente aquelas que tossem ou espirram.
  • Cubra a tosse ou espirro com um lenço de papel, depois jogue no lixo ou espirre na dobra do cotovelo.
  • Limpe e desinfete os objetos e superfícies tocados com frequência usando um spray ou pano de limpeza doméstico comum.
  • Fique em casa quando estiver doente.
  • Não cumprimente com apertos de mão, beijos e abraços.
  • Não se arrisque com tratamentos sem acompanhamento médico e automedicação. Além de ineficazes, eles podem colocar sua saúde em risco.

 

Fontes:

Consultores Médicos da Fundação do Câncer
www.cancer.org.br 

Ministério da Saúde

https://www.saude.gov.br/ 

Instituto Nacional de Câncer José Gomes da Silva (Inca)
https://www.inca.gov.br/noticias/inca-contra-coronavirus 

Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica
https://sboc.org.br/noticias/item/1797-posicionamento-sboc-coronavirus-covid-19 

Sociedade Americana de Oncologia Clínica (ASCO)
https://www.asco.org/asco-coronavirus-information 

 

Escritório central:

Rua Rio de Janeiro, 1050 sala 101 - Centro

Divinópolis - MG Tel.: +55(37) 3512-4600

Telemarketing:

Rua Rio de Janeiro, 1050 sala 101 - Centro

Divinópolis - MG Tel.: +55(37) 3512-4600

Centro assistencial:

Rua Rio de Janeiro, 1050 - sala 102 - Centro

Divinópolis - MG Tel.: +55 (37) 3512-4600

TELEDOAÇÕES: (37) 3512-4600